quinta-feira, 11 de julho de 2019

O que a Bíblia Diz sobre Aborto



A Bíblia Diz | Aborto

Aborto


1. O que a Bíblia diz sobre o aborto? 

A Bíblia diz que não se pode matar outra pessoa (Êx 20.13). A Bíblia diz que Deus trata com seres humanos, antes mesmo de nascer (Jr 1.5; Gl 1.15), e em formação os seres humanos são assistidos por Deus (Sl 139.13-17). Mesmo no útero da mãe, uma pessoa já pode ser cheia do Espírito Santo (Lc 1.41) — veja Êxodo 21.22,23. Esses fatos devem ser
levados em conta pela mãe e familiares, mesmo em casos delicados como estupro e risco de morte da mãe, e em temor a Deus tomar a decisão que honre a Deus e a vida. O aborto é uma agressão violenta e homicida a uma criança frágil e indefesa. Jesus disse que quem corrompe uma criança comete um grande pecado, imagine quem mata uma criança no seu lugar de formação?

2. Quem comete aborto, tem perdão? 

A Bíblia diz que mesmo que nossos pecados sejam profundos e intensos, o Senhor é misericordioso para perdoar e purificar (Is 1.18). Jesus Cristo morreu para perdoar os pecados, e a Bíblia diz que se houver arrependimento e abandono de tais práticas, haverá perdão a todo pecador, mesmo que seja o pior pecador (1Tm 1.15,16).

3. Qual o consolo do Senhor às mulheres que cometeram aborto? 

Sabe-se que muitas mulheres que cometeram aborto, acabam tendo um sentimento de culpa muito grande. Isso é devastador para suas emoções e alma. A Bíblia diz que Jesus convida todos que estão cansados e oprimidos a irem a Ele, em quem encontrarão alívio (Mt 11.28-30). Ao provar esse perdão, o primeiro resultado é termos “paz com Deus” (Rm 5.1). A Bíblia diz que se confessarmos nossos pecados, Deus é fiel e justo para nos perdoar, em Cristo, de todo pecado (1Jo 1.8–2.2).

4. Que esperança há para as mães que sofreram um aborto?


A Bíblia diz que o desejo de uma mulher de ter um filho é um dos sentimentos mais fortes (Gn 30.1). Leia 1 Samuel 1 e perceba isso na história de Ana. Perder um filho, mesmo que em formação, é algo muito doloroso para mulheres desejosas de serem mães (Mt 2.18). A Bíblia diz que o Espírito Santo é o Consolador enviado por Deus Pai, e pelo Filho, para estar conosco (Jo 16.7). As mulheres devem conversar com o Senhor em oração sobre isso até que seus sentimentos sejam curados, e elas entenda e sintam que o Pai Celestial cuidará de sua criança (Mt 19.14,15).

Quero a minha Bíblia Diz 😃➨ clique aqui


Dica de leitura: 🙏 Devocional para mulher: Uma ano com as mulheres da bíblia



Acesse: Livraria Cristã Emmerick

4 comentários:

  1. E a criança, cuja mãe praticou o aborto, também vai para os braços do Pai Celestial? Acredito que esta é uma pergunta, latejante, no coração das mulheres que praticaram aborto e se arrependeram.
    Aguardo resposta
    Obrigada
    Marina

    ResponderExcluir
  2. Marina
    A Bíblia diz que Deus cuidará pessoalmente de cada vida que ele mesmo criou, mesmo após a morte (Ec 12.7). Antes de nascer nesse mundo, Deus já contempla e planeja algo em relação a ela (Sl 139.13; Jr 1.4; Gl 1.15). Temos esperança pela Bíblia, que as criacinhas por nascer - que sofreram um aborto, essas estando em Cristo, estarão em seus cuidados eternos (Mt 19.13-15). Quais as experiências que terão nas moradas eternas com Deus, a Bíblia não nos diz, mas certamente ultrapassa nossa imaginação.
    Deus te fortaleça em Cristo.

    ResponderExcluir
  3. Obrigada Luciano. Não me respondeu completamente, pois colocou uma condição quando disse: "essas estando em Cristo." Mas entendo que é difícil. E concordo, plenamente, com você sobre as coisas que acontecem na eternidade, ultrapassarem nossa imaginação. E isto já é conforto e esperança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marina e amado Luciano creio que podemos ficar com as palavras de Nosso Senhor Jesus, que das criancinhas é o Reino dos Céus e que não as impeçamos (como se tivéssemos esse poder), independentemente de nossas convicções teológicas. Soli Deo Glória.

      Excluir