segunda-feira, 17 de maio de 2021

Os Irmãos Grimm


Os Irmãos Grimm



Jacob Ludwig Carl Grimm nasceu em 4 de Janeiro de 1785, 13 meses depois seu irmão Wilhelm Carl Grimm nasceu no dia 24 de fevereiro de 1786, os dois nasceram na cidade de Hanau na Alemanha.

Os dois eram respectivamente o segundo e terceiro dos nove filhos (sete meninos e duas meninas) do casal Philipp Grimm e Dorothea Zimmer Grimm. Três de seus irmãos não sobreviveram mais que um ano de vida. A família se mudou para um vilarejo em 1791, onde foram alfabetizados em casa por professores particulares, também receberam instruções rigorosas como cristãos reformados, mais tarde frequentaram as escolas locais.
Seu pai, Philipp, morreu inesperadamente em 1796, vítima de pneumonia, o que acarretou graves dificuldades financeiras para a família. Como Jacob era o mais velho vivo, com 11 anos sua mãe logo deu-lhe as responsabilidades de um adulto, responsabilidades essas que também compartilhou com Wilhelm, de 10 anos.

No ano de 1798 os irmãos e a família deixaram o vilarejo e se mudaram para Kassel, onde foram matriculados na prestigiada instituição Friedrichsgymnasium Kassel, graças a sua tia materna, que generosamente se comprometeu a custear as mensalidades de ambos os sobrinhos.
Apesar de suas diferenças o irmãos compartilhavam uma forte ética de trabalho e se destacaram em seus estudos. Jacob se formou em 1803 e Wilhelm em 1804 (perdeu uma ano na escola devido a problemas de saúde).

Os irmãos Grimm foram, linguistas, poetas e escritores, dedicaram-se a registrar histórias e fábulas infantis da época, sem embelezar a escrita, mas sim, escrever da maneira que o povo contava. O primeiro volume lançado vendeu muito bem, mas teve diversas críticas pela violência e sexo, os irmãos lançaram novamente com menos sexo, mas aumentaram a violência de suas histórias, muito diferente do que conhecemos hoje pelos livros, séries e filmes. Ganharam grande notoriedade, o que gradativamente tomou proporções globais. Deram grandes contribuições para a língua alemã, tendo os dois trabalhado na criação e divulgação, a partir de 1838, do Dicionário Definitivo da Língua Alemã, não terminando de completar por conta da morte dos dois, o mais novo em 1859 e o mais velho em 1863.


🙋 Eu quero o livro Conto de Fadas dos Irmãos Grimm.


Fonte: Wikipédia.


sábado, 15 de maio de 2021

Família, o que a Bíblia Diz?

 


Família, o que a Bíblia Diz?


Como proteger minha família? 


A Bíblia diz que a família é uma instituição formada por Deus na criação do mundo (GN 1.26,27; MT 19.4,5). Sendo formada por Deus, a família é alvo de ataques do diabo, que só quer “matar, roubar e destruir” (JO 10.10). 

O mundo, com suas filosofias e ideologias, procura insaciavelmente destruir o padrão de moral que mantém a família. Novelas, filmes, músicas, programas, e até leis, são instrumentos mundanos, diabólicos, destruidores da instituição familiar. 


O que fazer para proteger sua família desses ataques? 


 1. Assuma o compromisso de lutar e proteger a sua família. Afaste de sua família influências que estimulam a traição, a rebeldia. Qualquer coisa que ameace a santidade da família, deve ser tratado como um inimigo. Portanto, músicas, programas de TV, sites, qualquer coisa que não seja segundo os padrões de Deus deve ser afastado de sua família e de seu coração. Conforme a Bíblia, ocupe-se com o que é virtuoso (FL 4.8);

 2. Cumpra o seu papel na família. Como responsável, pai ou mãe, filho e irmãos, ou qualquer outro grau de parentesco, assuma esse papel de maneira firme e não seja negligente. A Bíblia diz claramente isso em Cl 3.18-21. Mesmo que o outro não cumpra, faça você a sua parte incondicionalmente; 

3. Ame segundo a Bíblia. A Bíblia diz que “O amor é paciente, o amor é bondoso. Não sente inveja, não busca glória, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda mágoa. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor permanece” (1CO 13.4-8). 

Responda: Você ama assim no contexto da sua família?; 

4. Satisfação e fidelidade sexual. A Bíblia ordena o sexo entre os casados e a fidelidade entre eles (ÊX 20.14; HB 13.4). O homem e a mulher devem focar seus desejos sexuais exclusivamente no cônjuge. A Bíblia diz que deve haver satisfação apenas nesse contexto conjugal (Veja JÓ 31.1,2; PV 5.15-19; 1CO 7.3).



🙋 Eu quero a Bíblia Diz.


Fonte: Bíblia Diz.


👉 Acesse Livraria Cristã Emmerick.

quinta-feira, 13 de maio de 2021

O que é Escatologia Cristã?



O que é Escatologia Cristã?


A escatologia, antigo ramo da teologia cristã, trata-se do estudo do final dos tempos e também da segunda vinda de Cristo. A palavra escatologia é derivada de duas palavras gregas: Último e estudo.

Considerando a consumação de todas as coisas, a escatologia bíblica cristã, cuida de explicar a vida após a morte, iniciando com o que acontece após a morte do indivíduo na terra, até seu destino eterno, sendo Céu ou Inferno, esse mesmo ramo de estudo na teologia católica possui, também, o purgatório, que seria um estado de purificação ou castigo temporário.

Os eventos relacionados ao fim dos tempos, também são abordados nesse ramo de estudo, tais como: O retorno de Jesus, a ressureição dos mortos, o arrebatamento, a grande tribulação, e depois, o milênio ou mil anos de paz, eventos interpretados ora literalmente, oura simbolicamente. A escatologia inclui o fim do mundo também, o juízo final, o banimento da morte, de satanás e de seus seguidores para o lago de fogo, e em seguida a criação de um novo céu e uma nova terra. Na teologia protestante,  a escatologia tem sido, às vezes, muito negligenciada no campo de estudo, o interesse nesse estudo diminuiu após a reforma até o final do século XIX.

Passagens escatológicas, popularmente conhecidas como "apocalípticas", são encontradas em toda bíblia, tanto no antigo testamento quanto no novo, embora estejam concentradas nos livros proféticos.

É um ramo de estudo muito interessante e enigmático, alguns críticos cristãos ortodoxos, tem sugerido que as discussões sobre esse estudo teológico é irrelevante e potencialmente prejudicial, alguns professores pensam que a fé cristã deve se ocupar do que é mais transparente sobre a salvação.


🙋 Eu quero o Manual de Escatologia.


Fonte: Wikipédia.


👉 Acesse Livraria Cristã Emmerick.

quarta-feira, 12 de maio de 2021

Quem foi Edgar Allan Poe?


Quem foi Edgar Allan Poe?


Edgar Poe nasceu em Boston, Massachusetts, no dia 19 de Janeiro de 1809.
Nascido no seio de uma família escocesa-irlandesa, Edgar era o segundo filho dos atores David Poe Jr., americano, e Elizabeth Arnold Hopkins Poe, inglesa. Tinha também um irmão mais velho chamado William Henry  e logo teriam a caçula da família, Rosalie.
Com cerca de um ano e meio de idade, o pai de Edgar abandonou a família, deixando-os desamparados, sua mãe veio a falecer pouco tempo depois após dar à luz, devido a complicações do parto e também tuberculose, deixando os três filhos órfãos.

Seu irmão mais velho foi mandado para casa de parentes no interior do país, sua irmã foi formalmente enviada para adoção e Edgar foi acolhido por uma família, no entanto, não foi formalmente adotado, com isso seu nome passou a ser Edgar Allan Poe.
Devido a boa situação financeira da família, Edgar teve uma educação de qualidade desde a infância, na adolescência foi admitido na Universidade da Virgínia, de onde foi expulso graças a seu estilo aventureiro e boêmio.
Já em 1827, Edgar se alistou nas forças armadas, durante esse período ele publicou seu primeiro livro, Tamerlane and Other Poems. Após o falecimento de sua mãe adotiva ele publicou seu segundo livro, Al Aaraf.

A partir daí muita coisa foi acontecendo, Poe se dedicou a escrita de ficção enquanto morava na casa de uma tia viúva, no final de 1835 se tornou editor do jornal Southern Literary Messenger em Richmond.
Casou-se em segredo com sua prima de primeiro grau, Virgínia de apenas treze anos em 1836. Ficou quinze meses em Nova Iorque, improdutivos, e depois se mudou para Filadélfia, pouco depois de publicar The Narrative of Arthur Gordon Pym.
Depois da morte de sua esposa e suas crises com Álcool, Edgar publicou, em 1845, seu popular poema, O Corvo.

Edgar é conhecido por suas narrativas envolvendo mistério e o macabro, foi um dos primeiro escritores de contos e é, geralmente, considerado o inventor do gênero ficção policial. Ele também foi um dos primeiros escritores conhecidos, por tentar ganhar a vida através da escrita, resultando em uma vida e carreira financeiramente difíceis. 
Suas obras influenciaram a literatura nos Estados Unidos e ao redor do mundo, bem como em campos especializados, tais como a cosmologia e a criptografia.

Edgar Allan Poe teve uma morte misteriosa, digna de seus contos mais sombrios. Em três de Outubro de 1849, ele foi encontrado nas ruas, em Baltimore, com roupas que não eram suas em Delirium Tremens (é um estado confusão breve, acompanhado de perturbações somáticas, que usualmente acomete usuários de álcool gravemente dependentes em abstinência absoluta ou relativa), veio a morrer quatro dias depois, no hospital, no dia 7 de Outubro, aos 40 anos.
Poe nunca conseguiu explicar de modo coerente como tinha chegado naquela situação, suas últimas palavras, segundo algumas fontes, foi: "Senhor, por favor, ajude minha pobre alma".


🙋 Eu quero o Box Edgar Allan Poe.


Fonte: Wikipédia.